Austríaco Felix Baumgartner salta da estratosfera e bate recorde

Felix Baumgartner na missão Red Bull Stratos. (Foto: Red Bull)Viena, 14 out (EFE).- O austríaco Felix Baumgartner saltou da estratosfera neste domingo, a uma altura de 39.068 metros, para se transformar no primeiro ser humano a romper a velocidade do som em queda livre.

Após uma ascensão de duas horas e 35 minutos sobre Roswell, nos Estados Unidos, o balão que levanta a cápsula alcançou a altura esperada e Baumgartner se lançou no vazio, dentro de seu traje pressurizado, que o protegeu da baixa pressão e das baixas temperaturas.

A queda livre do austríaco durou quatro minutos e 20 segundos. Depois disso, ele abriu o paraquedas, que o conduziu até o chão.

Em condições normais, na atmosfera terrestre a velocidade do som é de 1.234 km/h, enquanto na estratosfera se pode alcançar com 1.110 km/h, pela menor resistência do ar, segundo a missão que coordenou o salto.

Felix Baumgartner bateu recorde. (Foto: Divulgação)Baumgartner conseguiu controlar a queda e evitar cair em parafuso, o que poderia ter levado a perder a consciência ou sofrer uma hemorragia cerebral.

O austríaco se prepara há cinco anos para esta missão e tentava romper quatro recordes: ser o primeiro a superar a velocidade do som sem ajuda mecânica; realizar o mais alto salto de paraquedas, protagonizar a queda livre mais longa e subir ao ponto mais distante da Terra.

Dois, com certeza foram batidos, o salto mais alto com paraquedas e a maior subida distante do planeta.

O principal assessor de Baumgartner é justamente o antigo recordista, Joe Kittinger, hoje com 84 anos, que em 1960, quando era membro das Forças Aéreas dos Estados Unidos, saltou de altura de 31.333 metros.

A velocidade da queda de Baumgartner será verificada pelos instrumentos que ele leva em seu traje. Analistas e especialistas ratificarão a informação de que ele quebrou a velocidade do som.

O salto coincide com o 65º aniversário da primeira vez que a barreira do som foi rompida. O feito é do americano Chuck Yeager, a bordo de um caça X-15, no dia 14 de outubro de 1947. EFE

Carregando...

Siga o Yahoo Notícias