Australiano deve pagar R$1 milhão por causa de erro de digitação

·1 minuto de leitura
Typing on laptop closeup, chatting in Facebook, meeting website. Blogger, journalist writing new article.
Typing on laptop closeup, chatting in Facebook, meeting website. Blogger, journalist writing new article.
  • Um corretor de imóveis pode ser obrigado a pagar R$1 milhão por esquecer um apóstrofo (');

  • Anthony Zadravic estava reclamando de seu chefe online, acusando-o de não pagar pensões;

  • Zadravic escreveu "employees" ao invés de "employee's", o que alterou profundamente o sentido da frase.

Já viu um erro ortográfico custar quase R$1 milhão de reais? Pois na Austrália um corretor de imóveis pode ser obrigado a pagar essa quantia ao seu chefe, após fazer uma reclamação em sua página do Facebook.

Em Outubro de 2020, Anthony Zadravic reclamou online que antigo empregador não havia pago o chamado "superannuation", o equivalente ao nosso INSS. No entanto, ao escrever, Anthony esqueceu de colocar um sinal de apóstrofo no final de sua postagem.

Leia também:

O post, que Anthony afirma ter caráter pessoal, deu a entender que o antigo chefe não pagou os direitos de nenhum trabalhador. "Oh Stuart Gan!! Selling multi million $ homes in Pearl Beach but can't pay his employees superannuation," colocou Zadravic, quando na verdade, o final deveria ser "employee's supperannuation".

O australiano demorou 12 horas para perceber o erro e retirar o post do ar, porém seu antigo patrão já havia visto a reclamação e entrou com um processo contra Zadravic.

Na quinta passada, a juíza Judith Gibson autorizou o prosseguimento do processo. Para ela "não pagar os direitos de um trabalhador pode ser visto como uma infelicidade, não pagar os direitos de todos parece uma atitude proposital". Agora ou Anthony encontra mais empregados cuja "superannuation" não foi paga, ou poderá ser obrigado a pagar por volta de R$1 milhão, dado os precedentes legais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos