Autobiografia de Harry elimina chances de reaproximação com a família real, segundo fontes

·1 minuto de leitura

Se houvesse alguma chance de que o relacionamento do príncipe Harry com seu pai e seu irmão pudesse ser salvo, sua decisão de escrever uma autobiografia reveladora sobre sua vida na família real acabou de deixá-la mais remota do que nunca. É o que dizem membros da realeza, segundo informações do jornal Daily Mail.

"Este é o momento sem volta - o último prego no caixão do relacionamento da Família Real com Harry", uma fonte real sênior disse ao colunista do jornal, Dan Wootton. "A turbulência emocional enquanto eles esperam mais de um ano pela publicação vai ser torturante."

Harry anunciou que seu primeiro livro de memórias será lançado em 2022 e, segundo o colunista, há uma "sensação crescente de choque e fúria" entre os membros da família real sobre o projeto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos