Autoescolas: 36% de ex-alunos não saem satisfeitos. Veja motivos apontados

Entre pessoas que frequentaram autoescolas nos últimos 12 meses para obtenção da primeira habilitação ou para renovação, 36% nao ficaram satisfeitas com o serviço prestado. A pesquisa é do Instituto Ibero-Brasileiro de Relacionamento com o Cliente (IBRC).

— É uma taxa muito inferior a que seria aceitável. Nenhum setor sobrevive e cresce com mais do que 20% de perda por insatisfação — avalia Alexandre Diogo, CEO Global e presidente nacional do IBRC.

Segundo ele, o índice de satisfação com autoescolas está equiparado ao de satisfação com telefonia, que é o pior setor em prestação de serviço, segundo as pesquisas do instituto. Dos respondentes, 55% se disseram satisfeitos com as autoescolas frequentadas e apenas 9% muito satisfeitos. Os que não ficaram nem satisfeitos, nem insatisfeitos foram 11%. Os insatisfeitos, 17%. E muito insatisfeitos, 8%.

— Entre os 36% que não ficaram satisfeitos, a baixa qualidade do atendimento foi apontada como motivo por 38%. Isto significa profissionais em geral despreparados, agressivos e desinteressados. O segundo motivo, apontado por 31%, foi a qualidade baixa do serviço, expressa em instrutores pouco qualificados, desinteressados e impacientes. E na terceira posição, com 22% das indicações, aparece como motivo a falta de esclarescimentos sobre as regras do Detran, como provas, prazos, regras. Ou seja, são todos problemas comportamentais, que dependem da qualificação dos funcionários.

Apenas depois aparecem queixas sobre preços, estado de conservação de instalações das autoescolas e outras questões.

Para ajudar autoescolas na qualificação de seus funcionários e auxiliar os consumidores na identificação de boas prestadoreas de serviço, a consultoria especialista 4F Life Business criou com o Instituto IBRC uma certificação para o setor, o Selo Auto Escola Amigo do Cliente. O selo é uma certificação espontânea (não obrigatória), anual, que vai agraciar autoescolas cuja equipe passar por capacitação e que tiverem auditoria de cliente oculto, com 70% de aprovação, e uma pesquisa de satisfação de seus clientes, obtendo no mínimo de 80% de satisfação.

— A capacitação, de início, vai focar em Vendas, Atendimento ao Cliente e Inteligência Produtiva, que é boa gestão do tempo. Para receber o selo, pelo IBCR, ao menos um funcionário de cada função da autoescola precisa participar dessa etapa. Depois aplicaremos uma avaliação e o IBCR vai monitorar se as técnicas estão sendo empregadas — explica o CEO da consultoria Fabiano Montez.

A capacitação custa a partir de R$ 997, para ate seis profissionais. Para saber mais ou manifestar interesse, entre em contato com o Instagrm @4flifeandbusiness.