Autoridades do BC do Japão concordam em focar em juros baixos conforme pandemia persiste

·1 minuto de leitura
Sede do BC do Japão em Tóquio

Por Leika Kihara

TÓQUIO (Reuters) - As autoridades do banco central do Japão concordaram com a necessidade de manter os juros baixos enquanto a economia permanece sob a pressão causada pela pandemia de Covid-19, mostrou a ata da reunião de março do Banco do Japão nesta quinta-feira.

Com as restrições do estado de emergência para conter a pandemia prejudicando o consumo e mantendo os riscos de deflação vivos, os nove membros da diretoria concordaram que havia uma "incerteza extremamente alta" sobre as perspectivas, de acordo com a ata.

Um membro disse que o risco de deflação é ainda maior do que o de inflação para o Japão, já que os salários e as expectativas inflacionárias permanecem fracos.

Os comentários ressaltam a determinação do Banco do Japão em manter seu estímulo massivo, uma vez que a lenta distribuição de vacinas e uma quarta onda de infecções turvam as perspectivas de recuperação econômica sólida.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos