Autoridades chilenas destroem milhares de armas

O Presidente chileno, Gabriel Boric, visitou, na terça-feira, em Santiago, as instalações onde estavam a ser destruidas armas que tinham sido apreendidas pela polícia ou entregues voluntariamente às autoridades.

Boric, na companhia da Ministra do Interior e da Segurança Pública, Carolina Tohá, e da Ministra da Defesa Nacional, Maya Fernández, assistiu à destruição de algumas das 17.590 armas.

As autoridades chilenas informaram que a quantidade de armas que estava a ser destruída era 28% superior ao número de armas destruidas 2021.

A destruição das armas faz parte da política "Menos Armas Mais Segurança".