Autoridades dos EUA em alerta ante possível violência em Portland durante eleição

·2 minuto de leitura
Manifestantes do grupo de direita Proud Boys em uma manifestação em Portland em setembro de 2020
Manifestantes do grupo de direita Proud Boys em uma manifestação em Portland em setembro de 2020

O FBI alertou para possíveis enfrentamentos armados em Portland, símbolo das profundas divisões nos Estados Unidos, durante o dia das eleições, nesta terça-feira.

Esta cidade do estado do Oregon (noroeste), reduto democrata, tem sido palco de protestos contínuos contra o racismo e a violência policial desde a morte do afro-americano George Floyd.

Estes manifestantes entraram em confronto com tropas federais - que durante semanas os dispersaram ferozmente, com bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha - e com milícias de extrema direita, como os Proud Boys.

E esta eleição é um ambiente tão polarizado que fez soar o alarme para possíveis atos de violência, inclusive letal, nas ruas, sobretudo no centro da cidade, onde os comerciantes já protegeram seus negócios com tapumes de madeira.

"O que mais preocupa é a possibilidade de enfrentamentos armados entre grupos contrários", que "poderiam escalar para uma situação perigosa", disse nesta segunda-feira (2) à AFP o agente da FBI em Portland, Renn Cannon. "Se os ânimos se exaltarem, poderíamos acabar com um ato trágico e infeliz de violência".

Cannon lembrou o assassinato de um partidário de ultradireita em agosto, morto a tiros por um ativista alinhado com o movimento esquerdista Antifa, que foi abatido pela polícia dias depois.

A governadora do Oregon, Kate Brown, emitiu uma ordem executiva nesta segunda-feira para que as forças estaduais assumam o controle da polícia de Portland, anulando uma ordem municipal que proibia o uso de gás lacrimogêneo. Também pôs em alerta a Guarda Nacional.

"Esta é uma eleição como nenhuma outra em nossas vidas", disse Brown, que alertou para a presença de supremacistas brancos.

Embora o Oregon seja um estado que sem dúvida o democrata Joe Biden vai conquistar na corrida para a Casa Branca, Portland se tornou um centro de protestos de todas as ideologias, com militantes republicanos de zonas rurais vizinhas enfrentando ativistas em uma cidade historicamente de esquerda.

O FBI está "muito atento" a qualquer ameaça que possa "reduzir a capacidade das pessoas de exercer seus direitos da primeira emenda [liberdade de expressão] ou para exercer o direito de voto", disse Cannon, que destacou que o escritório da agência federal em Portland, com 250 agentes, decidiu recursos adicionais para combater crimes eleitorais, como a supressão do voto, a fraude e as ameaças cibernéticas estrangeiras.

amz/jt/dga/mvv