Auxílio Emergencial: saques são antecipados, menos para grupo do Bolsa Família

Extra
·2 minuto de leitura

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, realizou uma live, nesta sexta-feira, para esclarecer dúvidas sobre a antecipação do novo Auxílio Emergencial. Beneficiários do Bolsa Família, que começam a receber hoje, seguirão o calendário tradicional.

A antecipação para o crédito no Caixa Tem será apenas para os nascidos em novembro e dezembro, que irão receber um dia antes do anunciado anteriormente, nos dias 28 e 29 de abril, respectivamente.

Já a data para o saque será adiantada para todos, que passarão a poder retirar o benefício até o dia 17 de maio, de acordo com o mês de aniversário.

— Com o início da operação vimos que era possível antecipar e antecipamos. Os nascidos em janeiro já podem sacar no dia 30 de abril, e antes era 4 de maio. E os últimos pagamentos antecipamos em quase 3 semanas — afirmou o Pedro Guimarães.

Já o calendário do Bolsa Família, que começa nesta sexta-feira, não foi alterado.

— Sempre preservamos a data do Bolsa Família, que já acontece há muitos anos. E esses beneficiários já podem sacar no dia em que recebem o crédito, não tendo nenhum motivo para alterar essas datas — explicou Guimarães.

Ele também lembrou que o Auxílio Emergencial não é cumulativo com o Bolsa Família e que só irão receber o Auxílio quem ficar com um valor maior com ele (que é no máximo de R$ 375). Caso contrário, receberá o valor do Bolsa Família.

As mudanças são apenas para o ciclo 1 de pagamentos. Os demais continuam inalterados. No entanto, segundo o presidente da Caixa, se houver possibilidade de antecipação isso será divulgado.

A Caixa também divulgou que um novo lote de 236 mil pessoas foi aprovado, e que os nascidos de janeiro a maio já receberam e agora os demais seguirão com o calendário geral.

Pedro Guimarães também respondeu a uma pergunta sobre o bloqueio da conta por troca de celular. Segundo ele, se o usuário mudou de aparelho com o mesmo número, é possível resolver o problema apenas baixando novamente o aplicativo. Já se o número mudou, será preciso ir a agência por questão de segurança.