Auxiliar de enfermagem, Angélica, de 'No limite', afirma: 'Poderia me vacinar no Brasil, mas não achei justo. Vim para o reality'

·2 minuto de leitura

Prestes a voltar para a vida de luxo que leva com seus três filhos e com o marido Laurent, na cidade de Chievrès, na Bélgica, Angélica Ramos diz não se arrepender de ter aceitado passar pelos perrengues de “No limite”, reality do qual já foi eliminada. Após pouco mais de dois meses no Brasil, ela volta para a Europa na próxima terça-feira, e aproveita os últimos momentos aqui para esclarecer rumores sobre já estar vacinada contra a Covid-19:

— Ainda não fui vacinada em meu país. Só que eu ainda pago o registro profissional de enfermagem e poderia me vacinar no Brasil. De qualquer forma, não achei justo. Vim para o reality. Outras pessoas precisam mais, pessoas que realmente estão na linha de frente. Tive a consciência social que muita gente por aí não tem.

Aos 39 anos, Angélica afirma ter aceitado participar do reality por acreditar que a exposição lhe renderia novas oportunidades de trabalho. E deixa claro a sua vontade de se tornar mais famosa. A necessidade de se mudar para que seus planos se concretizem não seria um problema, e ela faria isso para atingir um de seus objetivos: trabalhar na Globo, emissora que a tornou conhecida. Apesar disso, ela também não descarta participações em realities de outras emissoras.

— Vim atrás dos R$ 500 mil do prêmio, mas sabia que seria difícil. Então foquei em ganhar visibilidade para que me chamem para trabalhos. Adoraria que fosse na Globo, e acredito ser comunicativa o suficiente para isso. Se for algo que possa ser feito virtualmente, ótimo. Mas, se tiver que vir pra cá, eu tô com as malas prontas. Pago até a minha passagem — brinca.

Sobre seus colegas que ainda estão na disputa em “No limite”, ela não esconde a torcida para Kaysar, mas acredita que Zulu é um forte concorrente para levar o prêmio. Já em relação a Gleici, com quem teve um atrito, o que acabou ocasionando sua eliminação, ela deixa as divergências limitadas ao jogo:

— Acho que ela arquitetou minha saída, o próprio Kaysar só votou em mim por ser amigo dela. Mas é uma pessoa muito querida, gostaria de ser amiga dela aqui fora.

O QUE DEIXA ANGÉLICA NO LIMITE...

...do estresse

Ela detesta ser chamada pelos outros de barraqueira e também odeia que coloquem palavras em sua boca: “Não me responsabilize pelos seus atos”.

...da alegria

Para deixá-la bem contente, basta falar bem de seus filhos, Vinícius, Luiz Otávio e Maria Laura. E também a reconhecer como uma pessoa “com conteúdo” a oferecer.

...do confinamento

Angélica considerou a chuva a pior parte do programa. Quanto aos participantes, nenhum conseguiu tirá-la do sério.

...do cartão de crédito

Após anos com uma condição financeira ruim no Brasil, ela revela não se segurar para fazer compras agora que pode: “Não gasto uma fortuna, mas gosto de me dar presentes. Aproveito o bom limite do cartão, sim” (risos).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos