Auxiliar de Jorge Jesus confirma encontro com o Flamengo, mas diz que técnico quer ficar no Benfica

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Jorge Jesus
    Treinador e ex-futebolista português

Auxiliar técnico de Jorge Jesus, João de Deus confirmou que o técnico de fato se encontrou com a diretoria do Flamengo. Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, antes do confronto entre Porto e Benfica, pelas oitavas da Taça de Portugal, o assistente garantiu que a visita de Bruno Spindel e Marcos Braz, diretor executivo e vice de futebol do Flamengo, teve conhecimento do presidente dos encarnados. Mas a vontade do Mister seria de permanecer no Benfica.

— Quero dizer sem dúvida nenhuma: é verdade que ontem houve encontro do Mister com os nossos amigos do Flamengo, devidamente autorizado pelo Benfica e com conhecimento do presidente Rui Costa. O Mister disse que não pode nem quer abandonar o Benfica. O Mister quer cumprir o contrato e ganhar títulos. Esse foi o propósito que nos fez vir para Portugal e esse propósito se mantém. Que isto fique bem claro para se acabarem com as dúvidas.

João de Deus substitui Jorge Jesus no comando da equipe após o técnico ser punido por 15 dias por reclamação contra a arbitragem em Portugal. O confronto com o Porto, nesta quinta-feira, é o primeiro de dois clássicos seguidos. O segundo, no dia 30, é válido pelo Campeonato Português.

— Esta é uma mensagem que me foi transmitida pelo Jorge Jesus há bem pouco tempo na presença do diretor-geral Rui Pedro Braz e do presidente Rui Costa. Tudo o que foi falado não nos desvia do que queremos: vencer títulos no Benfica. Temos quatro competições em que estamos inseridos e queremos ganhar títulos. Todas as notícias que vieram a público não vão desviar foco da equipa do Benfica que tem intuito de se classificar às quartas de final da Taça de Portugal.

Perguntado se há a possibilidade de Jesus voltar ao Flamengo no fim de seu contrato, em junho de 2022, o auxiliar não confirmou nem negou. Apenas afirmou que seguirá o comandante.

— Não posso fazer futurologia. Mas em relação a isso, posso dizer apenas o que sinto. Enquanto o mister Jorge Jesus assim o entender, irei sempre trabalhar com ele.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos