Auxílio Brasil de julho continua com valor 'antigo'; confira

Ainda podem ser incluídas 2 milhões de famílias no Auxílio Brasil (Getty Image)
Ainda podem ser incluídas 2 milhões de famílias no Auxílio Brasil (Getty Image)
  • Os pagamentos deste mês começam nesta segunda-feira (18)

  • O valor do benefício permanece em R$ 400

  • Governo Bolsonaro quer aumentar benefício em R$ 200 no ano eleitoral

Os beneficiários do Auxílio Brasil começarão a recebera parcela de julho na próxima segunda-feira, dia 18. A ordem de pagamento é dividida conforme o o final do Número de Inscrição Social (NIS). Os depósitos serão realizados até o dia 29.

O valor pago para os cidadãos que tem direito ao benefício permanece em R$ 400. Mesmo que a PEC Eleitoral seja aprovada na Câmara esta semana, não haverá tempo hábil para o pagamento extra de mais R$ 200 na folha de julho.

De acordo com o jornal Extra, se o valor for aprovado, ele será pago apenas até dezembro, começando um mês antes das eleições, em setembro.

Na medida criada pelo governo para tentar conseguir votos, podem ser incluídas 2 milhões de famílias no Auxílio Brasil. Procurado pelo portal, o Ministério da Cidadania não confirmou o valor do auxílio de julho e o número de pessoas contempladas.

Veja o calendário de pagamentos do Auxílio Brasil

Data de pagamento - Quem recebe

18 de julho - Beneficiários com NIS de final 1

19 de julho - Beneficiários com NIS de final 2

20 de julho - Beneficiários com NIS de final 3

21 de julho - Beneficiários com NIS de final 4

22 de julho - Beneficiários com NIS de final 5

25 de julho - Beneficiários com NIS de final 6

26 de julho - Beneficiários com NIS de final 7

27 de julho - Beneficiários com NIS de final 8

28 de julho - Beneficiários com NIS de final 9

29 de julho - Beneficiários com NIS de final 0

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos