Auxílio Brasil: governo pagará R$ 230 no benefício em novembro

·1 min de leitura
Real - Brazilian Currency. Money, Dinheiro, Brasil, Reais. Man holding in hands group of Real banknotes.
Real - Brazilian Currency. Money, Dinheiro, Brasil, Reais. Man holding in hands group of Real banknotes.
  • Valor médio será pago aos inscritos no Bolsa Família;

  • Os R$ 400 prometidos ainda dependem de aprovação no Congresso Nacional;

  • Atualmente, os beneficiários do Bolsa Família recebem, em média, R$ 190.

Em novembro, o valor do Auxílio Brasil será, em média, de R$ 230, e não de R$ 400, conforme anunciado pelo governo federal na semana passada. Segundo o portal R7 (Blog do Nolasco), o pagamento do valor total ainda depende de aprovação no Congresso Nacional e deve ocorrer só em dezembro. 

O presidente Jair Bolsonaro ainda não se pronunciou sobre a fonte de recursos para o programa de transferência de renda. A discussão agitou principalmente o Ministério da Economia na semana passada, com pedidos de demissão e falas de furo no teto de gastos públicos.

Leia também:

Atualmente, os beneficiários do Bolsa Família recebem, em média, R$ 190. Esse valor será reajustado em 20% e vai elevar o benefício médio para R$ 230 no mês que vem.

O programa é destinado a famílias em situação de pobreza (renda por pessoa entre R$ 89,01 e R$ 178) ou extrema pobreza (renda por pessoa de até R$ 89 por mês) e que tenham em sua composição gestantes, mães que amamentam, crianças ou adolescentes entre 0 e 21 anos.

O ministro da Cidadania, João Roma, disse que o benefício do programa Auxílio Brasil começará a ser pago a partir de novembro. Não foi detalhada a fonte de recursos para que a nova iniciativa social do governo federal siga as regras de responsabilidade fiscal sem furar o teto de gastos.

Ao fazer o anúncio, Roma afirmou que o programa "nada tem de eleitoreiro".

"Estamos buscando dentro do governo todas as possibilidades para que o atendimento aos brasileiros mais necessitados siga de mãos dadas com a responsabilidade fiscal", disse em pronunciamento à imprensa. Os jornalistas não puderam fazer perguntas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos