Auxílio Brasil paga parcela aos beneficiários com NIS final 9

·2 min de leitura
Ministério da Cidadania estima que R$ 7,1 bilhões do Auxílio Brasil serão pagos a 17,5 milhões de famílias ao longo do mês de janeiro
Ministério da Cidadania estima que R$ 7,1 bilhões do Auxílio Brasil serão pagos a 17,5 milhões de famílias ao longo do mês de janeiro. (Rafael Henrique/Getty Images)
  • Pagamento da parcela do mês de janeiro termina na próxima segunda-feira;

  • Os pagamentos das parcelas do mês de fevereiro começam no próximo dia 14/02;

  • Famílias em situação de extrema pobreza e pobreza tem direito a receber o valor médio de R$ 400.

Nesta sexta-feira (28/01) famílias inscritas no Auxílio Brasil com o NIS (Número de Identificação Social) final 9 recebem cerca de R$ 400. O substituto do bolsa família assiste 17,5 milhões de famílias. O Ministério da Cidadania estima em R$ 7,1 bilhões entregues aos beneficiários.

As pessoas assistidas pelo programa de transferência de renda podem consultar o valor da parcela por meio dos aplicativos Auxílio Brasil e Caixa Tem.

Leia Mais:

Tem direito ao Auxílio Brasil famílias em situação de extrema pobreza, com renda mensal abaixo de R$ 100 por pessoa, ou em situação de pobreza, com renda entre R$ 100,01 e R$ 200 por pessoa.

O Auxílio Gás, programa do governo federal para contribuir na compra do botijão de gás, também será pago aos inscritos com o número final 9. O valor de R$ 52 é pago às famílias inscritas no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal ) e segue o calendário do Auxílio Brasil.

Confira abaixo os calendários de pagamento do Auxílio Brasil nos meses de janeiro e fevereiro de acordo com o último digito do NIS.

Janeiro

  • 9 28/01/2022

  • 0 31/01/2022

Fevereiro

  • 1 14/02/2022

  • 2 15/02/2022

  • 3 16/02/2022

  • 4 17/02/2022

  • 5 18/02/2022

  • 6 21/02/2022

  • 7 22/02/2022

  • 8 23/02/2022

  • 9 24/02/2022

  • 0 25/02/2022

Para se cadastrar no Auxílio Brasil a família precisa se cadastrar no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) mais próximo a casa e comprovar a situação de vulnerabilidade econômica.

Para permanecer no programa do governo federal as famílias devem atestar a presença das crianças de 4 a 5 anos em 60% das aulas e os alunos entre 6 e 21 anos em 75% das aulas. As famílias devem cumprir o calendário de vacinação e realizar o acompanhamento nutricional das crianças até 7 anos.

Com informações da Agência Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos