Caixa divulga calendário de pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial

·4 minuto de leitura
BRAZIL - 2020/05/25: In this photo illustration an Auxílio Emergencial logo seen displayed on a smartphone. (Photo Illustration by Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
BRAZIL - 2020/05/25: In this photo illustration an Auxílio Emergencial logo seen displayed on a smartphone. (Photo Illustration by Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

O governo publicou no fim da noite desta quinta-feira (25) o calendário do pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial de R$ 600, criado para minimizar os efeitos sociais da crise gerada pela pandemia do novo coronavírus. O cronograma começa a partir deste sábado e seguirá até setembro. O calendário da terceira parcela também vale apenas para quem ainda não recebeu as duas primeiras.

Serão dois calendários. Primeiro, o dinheiro será será depositada em poupança digital na Caixa Econômica Federal para todos. Esses recursos vão poder ser usados, inicialmente, apenas digitalmente (para pagamentos de contas, boletos e compras por meio de cartão de débito virtual).

Leia também

A partir de 18 de julho, a Caixa começa a liberar saques e transferências a partir dessas contas. Para os trabalhadores que receberam a primeira parcela em outra conta, o dinheiro que ainda estiver na poupança digital será transferido automaticamente nas datas desse mesmo calendário.

Os depósitos na conta social da Caixa serão realizados nas seguintes datas:

27 de junho (sábado): para os nascidos em janeiro e fevereiro

30 de junho (terça-feira): para os nascidos em março e abril

1º de julho (quarta-feira): para os nascidos em maio e junho

02 de julho (quinta-feira): para os nascidos em julho e agosto

03 de julho (sexta-feira): para os nascidos em setembro e outubro

04 de julho (sábado): para os nascidos em novembro e dezembro

Já os saques e as transferências serão autorizadas nos seguintes dias:

18 de julho (sábado): para os nascidos em janeiro

25 de julho (sábado): para os nascidos em fevereiro

1º de agosto (sábado): para os nascidos em março

08 de agosto (sábado): para os nascidos em abril

15 de agosto (sábado): para os nascidos em maio

29 de agosto (sábado): para os nascidos em junho

1º de setembro (terça-feira): para os nascidos em julho

08 de setembro (terça-feira): para os nascidos em agosto

10 de setembro (quinta-feira): para os nascidos em setembro

12 de setembro (sábado): para os nascidos em outubro

15 de setembro (terça-feira): para os nascidos em novembro

19 de setembro (sábado): para os nascidos em dezembro

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Auxílio será prorrogado

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta quinta-feira que o auxílio emergencial de R$ 600 deverá ser prorrogado por mais três meses, com parcelas de R$ 500, R$ 400 e R$ 300.

Bolsonaro comentou o assunto durante sua live semanal, na qual foi acompanhado do ministro da Economia, Paulo Guedes. Os dois, no entanto, afirmaram que esse modelo ainda está sendo estudado.

Paulo Guedes disse que a ideia foi do próprio Bolsonaro e a chamou de "espetacular", acrescentando que, com ela, "a economia conseguirá andar".

Bolsonaro, então, disse que os números ainda não estavam definidos, mas que o auxílio de R$ 600 seria prorrogado por mais "dois meses", passando por uma "adequação". Depois, ambos explicaram que esse total de R$ 1.200 seria, na verdade, diluído em três parcelas. "Deve ser dessa maneira", disse Bolsonaro.

"É uma ideia muito boa, porque estávamos em R$ 600, e na medida em que a economia começa a se recuperar, as pessoas vão se adaptando. Foi sua ideia. O senhor deu uma ideia espetacular", disse Guedes.

No fim da live, o ministro retomou o assunto e disse que o governo seguirá com o auxílio "por mais três meses, R$ 500, R$ 400 e R$ 300", esclarecendo que as parcelas deverão ser mensais.

Além do anúncio da extensão do benefício, o ministro da Economia afirmou que o governo depositará mais uma parcela do auxílio emergencial até sábado (27).

***Com informações do Globo

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.