Auxílio taxista beneficiará 301 mil motoristas com R$ 2 mil em agosto

Neste mês, cada profissional receberá R$ 2 mil, referentes às cotas de julho e agosto (Getty Images)
Neste mês, cada profissional receberá R$ 2 mil, referentes às cotas de julho e agosto

(Getty Images)

  • Ministério informa que 301 mil motoristas receberão BEm-Taxista em 16 de agosto;

  • Número de beneficiários foi repassado por mais de 3,1 mil prefeituras;

  • Trabalhadores das cidades que não enviaram os dados receberão as quantias posteriormente.

O Ministério do Trabalho e Previdência informou, nesta quarta-feira (3), que 301.505 mil motoristas receberão o BEm-Taxista (Benefício Emergencial aos Motoristas de Táxi) na primeira rodada de pagamentos, prevista para o dia 16. Apesar do auxílio ser no valor de R$ 1 mil, neste mês cada profissional receberá R$ 2 mil, referentes às cotas de julho e agosto.

O número de beneficiados foi repassado ao Ministério por 3.119 prefeituras. O prazo para que as cidades enviassem as informações terminou nesta terça-feira (2), após ser prorrogado por alguns dias. Os dados são processados pela Dataprev, empresa do governo federal.

As prefeituras que não cumpriram a data-limite poderão enviar as informações posteriormente, mas os trabalhadores das respectivas cidades não receberão as duas parcelas no dia 16, mas em 30 de agosto. Veja abaixo o calendário completo:

Parcela

Data do pagamento

1ª parcela (prazo normal)

16 de agosto

2ª parcela (prazo normal)

16 de agosto

1ª parcela (para cidades que atrasarem)

30 de agosto

2 ª parcela (para cidades que atrasarem)

30 de agosto

Demais parcelas

De setembro a dezembro (a definir dias)

Espera-se que o pagamento das seis parcelas do auxílio seja feito até dezembro deste ano. O limite orçamentário aprovado para o benefício é de R$ 2 bilhões. Têm direito os motoristas com carteira de habilitação válida e alvará em vigor no dia 31 de maio deste ano, mas não é necessário ser proprietário do alvará.

O BEm-Taxista está previsto na Proposta de Emenda Constitucional (PEC) Eleitoral, aprovada em julho pelo Congresso Nacional a menos de três meses das eleições. O texto também cria o BEm-Caminhoneiro e amplia os valores pagos aos beneficiários do Auxílio Brasil e Vale-Gás.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos