Avião comercial pega fogo ao aterrissar em aeroporto nos Andes peruanos

Lima, 28 mar (EFE).- Um avião comercial da companhia aérea Peruvian Airlines se incendiou nesta terça-feira ao aterrissar no aeroporto de Jauja, situado nos Andes peruanos.

Todos as pessoas a bordo puderam sair da aeronave antes que as chamas se estendessem pela fuselagem, segundo relatou à emissora "Canal N" uma das passageiras, identificada como Jessica Núñez.

A passageira comentou que a asa direita se rompeu e começou a pegar fogo assim que o avião tocou o solo, o que fez com que a aeronave acabasse fora da pista de aterrissagem.

Outro dos passageiros, Mario Pérez, declarou à mesma emissora que houve um impacto forte durante a aterrissagem, o que fez com que as pessoas se alarmassem, mas que os próprios passageiros pediram calma para deixar a aeronave sãos e salvos pelas portas do lado esquerdo.

O avião incendiado é um Boeing 737-300, que fazia o trajeto entre Lima e Jauja, e cuja decolagem do aeroporto limenho Jorge Chávez tinha acontecido pouco depois das 15h30 (horário local, 17h30 de Brasília).

A companhia aérea peruana tinha inaugurado a rota entre Lima e Jauja há 11 dias e era a segunda a operar nesse aeroporto andino.

O aeroporto Francisco Carlé, em Jauja, se encontra cerca de 260 quilômetros ao leste de Lima, e a uma elevação de 3.320 metros sobre o nível do mar, e é utilizado majoritariamente para chegar a Huancayo, capital da região de Junín, e também à floresta central do país. EFE