Avião de Marília Mendonça será removido neste domingo, diz TV

·1 min de leitura
PIEDADE DE CARATINGA, MG, 06/11/2021: MARÍLIA-MENDONÇA - Na manhã deste sábado (6), pessoas observam trabalho dos bombeiros no local do acidente com o avião que matou Marília Mendonça e mais quatro ocupantes, no interior de MG. (Foto:Eduardo Moura/Folhapress)
PIEDADE DE CARATINGA, MG, 06/11/2021: MARÍLIA-MENDONÇA - Na manhã deste sábado (6), pessoas observam trabalho dos bombeiros no local do acidente com o avião que matou Marília Mendonça e mais quatro ocupantes, no interior de MG. (Foto:Eduardo Moura/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O avião que caiu com a cantora Marília Mendonça será removido neste domingo (7) do local do acidente em Minas Gerais. Conforme mostrou o Jornal Nacional, da TV Globo, a aeronave será dividida em partes, que serão levadas para o aeroporto onde deveria ter pousado e, posteriormente, para perícia.

O local da vistoria, no entanto, não foi decidido. A PEC Taxi Aéreo, dona da aeronave, foi autorizada pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) a recolher os destroços.

Ao longo deste sábado, equipes da FAB (Força Aérea Brasileira) recolheram documentos e outros materiais relativos ao avião. A aeronave caiu na sexta-feira (05) em Piedade de Caratinga, em Minas Gerais, matando a cantora de 26 anos e outras 4 pessoas.

"Os investigadores do SERIPA III (3º Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) irão identificar indícios, fotografar as cenas, retirar partes da aeronave para análise, ouvir relatos de testemunhas, reunir documentos etc", afirmou a FAB (Força Aérea Brasileira) por meio de sua página no Twitter na manhã deste sábado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos