Avião russo invade espaço aéreo da Suécia e provoca protesto

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um avião de reconhecimento Antonov-30 violou o espaço aéreo da Suécia na sexta-feira (29), informou a Força Aérea do país nórdico neste sábado (30).

O incidente ocorreu em Blekinge, no sul sueco, e foi o segundo do tipo desde o começo da Guerra da Ucrânia. No mês passado, quatro caças violaram o espaço aéreo e, segundo a imprensa do país, dois deles carregavam armas nucleares. Não há confirmação disso.

Os episódios acompanham a tensão do conflito numa área já tradicional de esbarrões militares entre russos e ocidentais. O cenário se agrava porque a Suécia, assim como a Finlândia, deverão pedir para entrar na Otan (aliança militar ocidental) nas próximas semanas, mudando décadas de postura de independência

A Rússia já criticou a iniciativa, que visa aumentar a proteção contra um ataque de Moscou, e disse que a resposta será a colocação de armas nucleares perto do território dos nórdicos. O governo em Estocolmo disse que irá fazer um protesto formal pelo incidente da sexta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos