Aviões particulares de Elvis Presley estão à venda

Washington, 2 set (EFE).- Os dois últimos aviões particulares de Elvis Presley, "Lisa Marie" e "Hound Dog II", que eram expostos na mansão "Graceland", em Memphis, podem deixar o local no próximo ano.

Isso porque, ambos os modelos apareceram com diversas especificações sobre suas características nesta semana em um famoso site especializado em comercializar aeronaves, o "Controller".

O maior deles, "Lisa Marie", um Convair 880 de 1960 e que leva o nome da única filha de Elvis Presley, é um avião com quatro motores, dormitório particular, sistema de som estéreo e com objetos folheados em ouro.

O "Hound Dog II", um JetStar, era utilizado como um avião reserva, enquanto o "Lisa Marie" foi inteiramente remodelado de acordo com os gostos do "rei do rock".

O proprietário dos aviões, K.G Coker, os comprou em 1977, após a morte de Presley. Segundo ele, ambas as aeronaves "são peças de museu" e, por isso, se mostrou disposto a ouvir "ofertas sérias", embora não tenha estipulado um preço para venda.

Até o momento, os aviões eram duas das peças mais visitadas na mansão de Elvis Presley, no Tennessee, desde que chegaram ao espaço em 1984.

O acordo de Coker com a empresa Elvis Presley Entertainment, pelo qual o proprietário ganhava uma porcentagem das visitas, será encerrado no próximo ano sem um prévio acordo de prorrogação.

A última vez que o "Lisa Marie" voou foi no ano de 1977, em uma viagem à Los Angeles, onde estava a bordo Priscilla Presley, ex-mulher do astro, e o ex-Beatle George Harrison, para acompanhar o funeral de Elvis. EFE