Aviões que poderiam ser russos atacam áreas sob cessar-fogo na Síria, diz grupo

BEIRUTE (Reuters) - Aviões de guerra que poderiam ser da Rússia realizaram nesta quarta-feira ataques contra áreas do noroeste da Síria que foram incluídas num cessar-fogo local acordado pelos lados em confronto em setembro, disse o Observatório Sírio para os Direitos Humanos. Os ataques atingiram os arredores das cidades de Maarat Masrin e Ram Hamdan na província de Idlib, segundo o Observatório, no primeiro incidente desse tipo na região desde que o cessar-fogo passou a valer no fim de setembro. Insurgentes reagiram bombardeando áreas de dois vilarejos vizinhos controlados pelo governo, al-Foua e Kefraya, afirmou o Observatório. O cessar-fogo tem sido respeitado no geral, apesar de violações menores e isoladas, como uma troca de tiros apenas dias depois de a trégua começar a valer. Não estava claro se os ataques desta quarta-feira poderiam levar ao fim do cessar-fogo, ou se foram uma retaliação. Acordado em negociações apoiadas pelo Irã, que dá apoio ao governo sírio, e pela Turquia, pró-rebeldes, o cessar-fogo tem sido um sucesso raro para a diplomacia externa nos quatro anos de guerra civil. (Reportagem de John Davison)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos