Aviadora pioneira Wally Funk é nova "queridinha da América"

·1 minuto de leitura
Wally Funk celebra após voo espacial

(Reuters) - Wally Funk se tornou a pessoa mais velha a ir ao espaço nesta terça-feira - cerca de 60 anos após passar pelo treinamento para virar astronauta.

Funk era uma das mulheres no grupo chamado de Mercury 13 que treinou para se tornar astronauta nos anos 1960, mas nunca chegou a ser escolhida para missões por conta de seu gênero.

Na terça-feira, aos 82 anos de idade, ela foi um dos três co-passageiros ao lado de Jeff Bezos a bordo do veículo espacial da empresa dele, Blue Origin, que fez um lançamento da cápsula New Shepard para um histórico voo suborbital.

"Eu esperei por um bom tempo", disse Wally Funk após o voo. "Eu quero ir de novo - e rápido".

O voo rendeu a Funk uma nova geração de admiradores nas redes sociais e além.

"Wally Funk está agora na minha lista de pessoas que eu mais gostaria de conhecer no país. Ela é a nova queridinha da América", disse a porta-voz da Casa Branca Jen Psaki a jornalistas.

(Por Rosalba O'Brien)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos