Avião desaparece no Nepal com 22 passageiros

Nepal tem histórico de acidentes aéreos em decorrência do clima instável e das condições montanhosas do país. (Foto: AP Foto/Niranjan Shrestha, Archivo)
Nepal tem histórico de acidentes aéreos em decorrência do clima instável e das condições montanhosas do país. (Foto: AP Foto/Niranjan Shrestha, Archivo)

Um avião com 22 passageiros a bordo está desaparecido no Nepal, segundo informaram as autoridades da companhia aérea e do governo neste domingo (29).

A aeronave da Tara Air perdeu contato com controladores de voo cinco minutos antes do horário planejado para o pouso. A companhia é uma empresa privada e se utiliza principalmente de aviões Twin Otter, fabricados no Canadá.

O avião transportava 16 nepaleses, quatro indianos e dois alemães, além de três integrantes da tripulação, cujas nacionalidades não foram reveladas.

O voo saiu de Pokhara, cidade situada 200 km a noroeste da capital, Katmandu, e o destino final seria a cidade de Jomsom, cerca de 80 km a noroeste. O percurso estava programado para durar 15 minutos.

De acordo com o órgão nepalês de aviação civil, um helicóptero que havia saído de Jomsom para fazer buscas pelo avião desaparecido teve que retornar ao local de origem em decorrência do mau tempo.

As autoridades afirmaram que assim que as condições climáticas melhorarem outros helicópteros devem decolar de Katmandu, Pokhara e Jomsom para realizar mais buscas.

O clima instável e pistas de pouso em locais montanhosos fazem com que o Nepal tenha um histórico de acidentes em sua rede aérea doméstica. O país abriga o Everest, a maior montanha do mundo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos