Avião pega fogo após sair da pista durante decolagem na China

Avião pegou fogo depois que pilotos abortaram decolagem. Foto: Reprodução
Avião pegou fogo depois que pilotos abortaram decolagem. Foto: Reprodução
  • Pilotos desistiram de decolagem após notarem arranhão no motor

  • Não há mortos e houve apenas ferimentos leves

  • Avião pegou fogo do lado esquerdo

Um Airbus A319 pegou fogo depois de ter a decolagem abortada na cidade Chongqing, no sudoeste da China, nesta quinta-feira (11). Segundo a empresa Tibet Airlines, todos os passageiros e tripulantes foram retirados do avião. Não há mortos e algumas pessoas tiveram apenas ferimentos leves.

No total, eram 113 passageiros e 9 tripulantes a bordo da aeronave. De acordo com a Administração de Aviação Civil da China (CAAC), 36 pessoas sofreram contusões e entorses durante a evacuação do voo TV9833. Os feridos foram encaminhados para hospitais locais para exames.

A CAAC informou também que os pilotos pararam a decolagem depois de sofrerem uma anormalidade, obedecendo aos procedimentos. O incêndio foi causado por um arranhão no motor, segundo o comunicado. Ainda de acordo com a agência reguladora, investigadores foram ao local.

Em vídeo compartilhado nas redes sociais é possível ver o avião com fumaça e chamas do lado esquerdo, enquanto passageiros e tripulantes se afastavam.

Há menos de dois meses, um acidente envolvendo um avião da China Eastern Airlines deixou diversas pessoas mortas. Desde então, a CAAC realiza uma série de inspeções para identificar possíveis falhas de segurança.

Em comunicado, a empresa Airbus afirmou que está ciente do incidente.

A Tibet Airlines, que é uma companhia aérea regional com sede em Lhasa, tem uma frota de 39 aviões, incluindo 28 A319.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos