Homem mata a mãe por denunciá-lo à polícia na Nicarágua

Manágua, 18 mar (EFE).- Um homem matou sua mãe horas depois que esta o denunciou por ações violentas, informou neste domingo a Polícia Nacional da Nicarágua.

O homem, identificado como Elmer Murillo Valverde, de 36 anos, matou a pauladas sua mãe, Saturnina Barrera Martínez, de 64, segundo a polícia nicaraguense, que não explicou porque o filho não usa o sobrenome materno.

O incidente ocorreu na tarde de sexta-feira em uma área rural do município de El Sauce, 178 quilômetros ao noroeste da capital Manágua, quando o homem se trancou em seu quarto ao ver que dois agentes de segurança chegaram à sua casa para prendê-lo, atendendo à denúncia de sua mãe, de acordo com o relatório policial.

Murillo agrediu a mãe quando esta entrou no quarto para convencê-lo a ir com os agentes, segundo detalhou a polícia nicaraguense.

O homem fugiu da casa enquanto os agentes auxiliavam Barrera, que morreu em Manágua depois de passar por três centros hospitalares em menos de cinco horas, segundo a informação oficial.

Murillo agora é procurado pelas autoridades, que alertaram que é um homem perigoso com aparentes problemas mentais. EFE