Búzios põe fim ao uso obrigatório de máscaras em ambientes abertos mesmo sem o mínimo de vacinados estabelecido pelo estado

·1 min de leitura
  • Mesmo sem atingir índice de 65%, Búzios derruba necessidade de usar máscaras ao ar livre

  • Segundo a TV Globo, cerca de 4 mil pessoas não tomaram sequer a primeira dose

  • Flexibilização do uso do equipamento causa impasse entre especialistas

O prefeito de Búzios, Alexandre Martins, retirou a obrigatoriedade, na quarta-feira, do uso de máscaras no município em ambientes ao ar livre. Atualmente, o município tem apenas 45% do total de vacinados com as duas doses ou a dose única, segundo apuração da TV Globo. 

De acordo com a norma técnica divulgada pelo governo do Rio, que permite a flexibilização, somente as cidades que atingirem 65% da população total com o calendário vacinal completo poderão autorizar a saída sem máscara em ambientes abertos. 

A população de Búzios tem mais de 35 mil habitantes, e aproximadamente 4 mil pessoas não tomaram sequer a primeira dose, segundo a publicação da prefeitura que autoriza a flexibilização. De acordo com o vacinômetro divulgado pelo município na última segunda-feira, 30.773 pessoas estavam vacinadas com a primeira dose. 

Na mesma publicação, a prefeitura diz que "o município já alcançou 100% do público-alvo estipulado pela Anvisa", uma base que não é utilizada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) para a liberação do uso da proteção facial anti-Covid.

A prefeitura de Búzios ainda não respondeu ao questionamento de O GLOBO sobre a autorização antecipada da flexibilização. Já a SES afirmou que vai notificar municípios que flexibilizarem o uso da máscara antes de alcançarem os parâmetros descritos da Resolução SES 2499, de 28 de outubro de 2021, e que as medidas punitivas cabem aos órgãos de controle.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos