B3 fecha compra da empresa de tecnologia Neoway por R$ 1,8 bilhão

·2 min de leitura

RIO — A B3 fechou a compra de 100% da empresa de tecnologia Neoway por R$ 1,8 bilhão, dando mais um passo na diversificação de seus negócios. É a maior aquisição da empresa desde 2017, segundo comunicado divulgado nesta terça-feira.

No último dia 14, a B3 já havia anunciado que estava em tratativas para comprar a Neoway, especializada em inteligência artificial e big data analytic. Os recursos para a aquisição serão provenientes do caixa livre da companhia.

As ações da B3 tinham queda de 1,32%, por volta de 12h35, em um dia negativo para o mercado local.

“Essa nova aquisição nos permitirá unir, de um lado, a experiência da Neoway em coletar, analisar e organizar dados de diferentes fontes, gerando valor agregado para clientes com produtos inovadores, e de outro lado, o capital, credibilidade e dados sobre mercado de capitais, veículos, imóveis e outros que só a B3 tem, destacou o CEO da B3, Gilson Finkelsztain, em nota.

A gestão da Neoway acontecerá com independência para preservar sua flexibilidade e cultura de inovação, acrescenta o comunicado.

— O negócio está em linha com a estratégia da B3 de diversificar suas linhas de negócio, reforçando, no caso específico, o segmento de tecnologia, dados e serviços, que hoje corresponde a 13% da receita líquida total da companhia — disse o analista de research da Ativa Investimentos, Leo Monteiro.

Aumentar a capilaridade

Em julho, a empresa investiu R$ 600 milhões para ter uma participação de 37,5% na Dimensa, novo nome da TFS, braço operacional da Totvs dedicado a soluções de tecnologia para o segmento de serviços financeiros. A Dimensa é avaliada em R$ 1,6 bilhão.

A B3 destacou que a aquisição contribui para aumentar a capilaridade de produtos de dados existentes, além de fortalecer a engenharia de modelagem de dados via capital intelectual em uma plataforma estabelecida.

A transação ainda será submetida à aprovação da assembleia geral extraordinária de acionistas, ainda a ser convocada. O fechamento do negócio precisa ser aprovado também pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A Neoway possui mais de 450 funcionários em três escritórios, mais de 500 clientes, e tem receita líquida projetada de R$190 milhões para 2022.

“Com essa transação, conseguiremos ir muito além, e nosso time, clientes, parceiros e sociedade irão se beneficiar desse importante movimento estratégico da Neoway”, afirma o CEO da Neoway, Kadu Monguilhott, também em nota.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos