Bacharel em direito que pediu emprego na rua ganha curso para exame da OAB

·1 min de leitura
O  bacharel em direito Rogério de Souza Estrada pediu emprego na rua em Praia Grande (SP) - Reprodução/Facebook
O bacharel em direito Rogério de Souza Estrada pediu emprego na rua em Praia Grande (SP) - Reprodução/Facebook
  • Um bacharel em direito que viralizou pedindo emprego na rua conquistou duas bolsas de estudos

  • Rogério de Souza Estrada poderá se preparar para o exame da Ordem dos Advogados do Brasil

  • Em menos de 24 horas, o pedido de trabalho teve mais de 7 mil compartilhamentos no Facebook

O bacharel em direito Rogério de Souza Estrada, de 51 anos, conquistou duas bolsas de estudos para se preparar para o exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), após viralizar nas redes sociais pedindo emprego nas ruas de Praia Grande (litoral de São Paulo).

Morador de São Vicente, ele escreveu o pedido de trabalho em um cartaz e foi para as ruas, pois está desempregado desde o início da pandemia de coronavírus. Rogério foi flagrado em setembro por uma mulher em Praia Grande, e em menos de 24 horas a publicação teve mais de 7 mil compartilhamentos no Facebook.

Leia também:

O bacharel em direito chegou a vender água nos semáforos para conseguir dinheiro. Ele vivia com o pagamento do auxílio emergencial. Após a repercussão do cartaz, uma pessoa que o conheceu conseguiu as duas bolsas de estudos em cursos preparatórios de Santos.

"Eu liguei [para uma das responsáveis] e disse que não tenho condições de pagar, e aí ela falou que era 100% de bolsa. Eu nunca imaginei que a repercussão ajudaria tanto", contou Rogério em entrevista ao portal G1.

Assim que se formou na faculdade, Rogério não prestou o exame da OAB porque, na mesma época da prova, perdeu a irmã mais nova para um câncer. Por não poder atuar na área de direito, ele tem passado por dificuldades financeiras, já que não consegue um emprego fixo.

"É uma sensação de felicidade, alegria. Eu acho que eu tenho muita capacidade, é um recomeço", descreveu Rogério ao portal G1.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos