Bahia City também está de olho em dirigente do São Paulo

·1 min de leitura
Rui Costa (à direita) é executivo de futebol do São Paulo desde o ano passado; na foto, ele está na apresentação de Gabriel Neves (Rubens Chiri/São Paulo) (Rubens Chiri/São Paulo)

Gerente das categorias de base do Palmeiras, João Paulo Sampaio não é o único alvo do Grupo City, em fase final de aquisição do Bahia. Os responsáveis pela compra da SAF do Tricolor estão de olho em Rui Costa, diretor executivo de futebol do São Paulo.

O plano em relação a Rui é transformá-lo em CEO de negócios do Bahia City. Desta maneira, ele e João Paulo trabalhariam juntos na gestão do futebol - João atuaria como um executivo, muito focado também na revelação de atletas da base.

O Blog apurou que o objetivo do Grupo City é tornar o Bahia um dos mais importantes clubes do conglomerado e colocá-lo entre os seis primeiros do Brasileirão com frequência.

O problema vai ser tirar Rui Costa do São Paulo. O gaúcho, contratado no começo do ano passado, assinou com o Tricolor até dezembro de 2023, quando se encerra o mandato de Julio Casares. Ao longo da carreira, Rui se caracterizou por respeitar seus contratos. Foi assim em Grêmio, Chapecoense, Athletico e Atlético-MG.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos