Bahia vai recorrer à China após fechamento de fábrica da Ford

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Bahia vai recorrer à China. (Foto: Getty Images)
Bahia vai recorrer à China. (Foto: Getty Images)

O governo da Bahia lamentou o anúncio do fechamento das fábricas da Ford no Brasil e divulgou que já está em contato com a embaixada da China para buscar parceiros que possam assumir algum tipo de negócio no estado.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

A decisão da Ford de fechar suas fábricas, inclusive a de Camaçari (BA), foi anunciada nesta segunda-feira (11). As informações são de reportagem do portal G1.

Leia também:

O esforço do governo baiano de contatar a China é no sentido de assegurar que a saída da Ford não cause um impacto muito grande na geração de empregos e de renda para a população.

As autoridades buscam na embaixada possíveis pontes com investidores e empresários chineses.

A Ford anunciou que o aumento na ociosidade da produção foi o que motivou o fechamento, e que deve assumir encargos de cerca de US$ 4,1 bilhões.

Em Camaçari, onde são produzidos o Ka e o EcoSport, a produção será encerrada imediatamente.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube