Bailarina de 9 anos faz vaquinha para arcar com sonho de estudar dança em Portugal

Gisele Barros
·2 minuto de leitura
Foto: Reprodução/Instagram/bfotodance

A bailarina Sofia Stahl

Foto: Reprodução/Instagram/bfotodance

Com apenas nove anos, Sofia Stahl, moradora de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, tem o sonho de se tornar bailarina profissional. A dedicação da menina, que treina seis dias por semana, resultou na seleção para uma bolsa integral de estudos na escola de dança Pallco, em Porto, Portugal. Para arcar com os custos de um ano vivendo e estudando na Europa, Sofia tem vendido brinquedos, móveis, doces e lançou uma campanha virtual de arrecadação com a ajuda e o apoio da mãe, a bancária Valeria Stahl.

— Não tenho problema em vender meus brinquedos até mesmo porque seria muito caro levar eles para Portugal. Eu sonho ser bailarina desde pequenininha e fiquei muito feliz por ser selecionada. Não sei quando vou conseguir outra oportunidade como essa, então tenho que dar meu máximo — ressalta Sofia.

Valeria conta que Sofia começou a dançar aos dois anos e não parou mais. Segundo ela, a filha demonstrou um diferencial desde os primeiro passos, e a paixão pelo balé só aumentou. Há um ano e meio, ela estuda na escola Brilharte e a professora da menina a incentivou a buscar por cursos fora do país.

— A Sofia evoluiu muito na escola, começou a participar de festivais e daí passamos a buscar por oportunidades para ela crescer ainda mais. A primeira seleção foi para o curso de verão no conservatório Annarella Sanchez, também em Portugal. Já estávamos juntando dinheiro para essa oportunidade quando recebemos a notícia de que Sofia foi aprovada na escola Pallco. Desde outubro, estamos correndo atrás de formas para transformar esse sonho em realidade — conta a mãe.

A vaquinha organizada pela família tem o objetivo inicial de arrecadar R$ 20 mil. O dinheiro vai garantir as passagens de ida de mãe e filha, bem como a estadia nos primeiro meses, alimentação e a compra de roupas de inverno e acessórios de dança para Sofia. A mãe vai retornar para o Brasil e Sofia deve ficar aos cuidados da tia nos primeiros meses em Portugal.

— Não posso largar tudo para o alto, até porque meu trabalho aqui também vai ajudar a manter Sofia em Portugal. Vamos ficar separadas nos primeiros meses e é claro que vou sentir saudades, mas pense em quantos sonhos temos na infância que são deixados para trás? Sofia está realizando o dela — diz Valéria.

A bailarina garante que o segredo para conquistas importantes ainda tão nova é a dedicação.

— Eu me dedico muito. Estudo de segunda a sábado, faço aulas na Brilharte, cursos online e ainda fisioterapia. Eu amo a dança e esse é meu sonho. Sempre acreditei que um dia iria conseguir isso — celebra a menina.

Para ajudar Sofia, é possível fazer uma contribuição para a vaquinha virtual neste link. A família também compartilha o dia a dia da pequena bailarina no Instagram, no perfil @sofia.abailarina.