Bailarina de Anitta, Alline Azevedo conta que é criticada por ter engordado 20 quilos: 'Perguntam se estou grávida'

Gilberto Júnior
·3 minuto de leitura

Às gargalhadas, a bailarina carioca Alline Azevedo conta como eram os shows ao lado de Anitta, nos primórdios da carreira da cantora. Certa vez, o palco era tão pequeno que qualquer movimento mais intenso para resultar num acidente grave. "Estamos juntas há oito anos nessa estrada. No início, Anitta não tinha nem repertório próprio. Costumo dizer que 'Show das poderosas' mudou a vida de todos que faziam parte desse universo", comenta a carioca, de 27 anos. "Mas pode colocar 25... Renovei o Botox e vou falar, sim, que tenho menos idade", diverte-se.

Parte do balé fixo de Anitta, Alline já passou muito perrengue por aí. Teve a coluna lesionado por um fã que invadiu o palco, já usou o banheiro de um posto de gasolina como uma espécie de camarim e virou meme ao fazer, sem querer, a cantora bater com o microfone na boca. "Sempre acontece algo inusitado. É ao vivo e não dá para controlar tudo, entende? Uma vez, pisei com tanta força no pé da Anitta que arranquei um de seus tênis. O cabelo dela ficou preso na minha roupa. É uma loucura."

A bailarina diz que a relação entre ela e a "patroa" é ótima, mas que a proximidade veio com o tempo. "No começo, tínhamos outro coreográfo que não encorajava uma amizade entre o artista e os dançarinos. Para ele, deveria existir uma distância. Então, eu ficava na minha para não perder o emprego. Com sua saída, as coisas foram mudando e os laços foram se estreitando."

Presente na série documental "Made in Honório", da Netflix, Aliline afirma que Anitta não é tão brava como dizem por aí. "Ela é realmente exigente. O documentário mostrou apenas um pequeno pedaço do ensaio do show para o Rock in Rio. Ficamos 30 dias preparando o espetáculo. Na verdade, vejo a situação como uma empresa. Ela é a CEO e nada pode dar errado. Tudo cai em sua conta. É difícil manter a paciência depois de falar com calma 87 vezes e o erro permanecer. Como foi mostrado, parece que ela é 'louca'. Mas a história não é bem assim. Anitta está dando só o seu melhor."

Alline, que chegou a ser passista mirim da escola de samba Tradição, matou um pouco da saudade dos palcos em fevereiro, numa live de carnaval estrelada por Anitta. "Estávamos há quase um ano afastadas por causa da pandemia. Mesmo distante, a gente troca mensagens vez por outra pela internet. Foi maravilhoso sentir essa sensação novamente. Espero que a gente retorne logo", observa a carioca. "Nessa live, aliás, fui alvo de críticas por causa do meu peso. Ganhei 20 quilos durante a pandemia. Nas redes sociais, as pessoas questionaram. Perguntam se estava grávida, sugeriram dietas... O engraçado disso tudo é que parece que não sou mais capacitada! Dependendo do dia, esses comentários podem machucar bastante. Nem sempre estamos bem. Anitta, no entanto, não disse uma palavra sequer sobre assunto. Nosso contato foi rápido. Mas já estou fazendo funcional e mudei minha alimentação. Estou sentindo muitas dores nos joelhos e coluna."

Antes do fim de nossa conversa, a dançarina antecipa que vai publicar em breve em seu Instagram um vídeo com a coreografia oficial da música "Tô preocupada", parceria de MC Rebecca com sua patroa. "Estou apenas procurando uma parceria. Mas acho que vou gravar sozinha mesmo."