Bailarinos transformarão, ao vivo, suas casas em palco

·2 minuto de leitura

RIO — Nove bailarinos transformarão, ao vivo, suas casas em palco. Idealizadores do espetáculo “O que você separou de mim?”, os bailarinos e coreógrafos Dinis Zanotto e Tamires Coutinho descrevem o projeto, que estreia no dia 28, em curta temporada virtual, como mais do que um espetáculo de dança.

—Será uma experiência digital e itinerante. O espetáculo fala sobre as coisas que guardamos; as coisas que ficaram em nós com essa separação das pessoas que amamos. Dançamos para que o amor seja compartilhado. Dançamos a separação que nos une, a distância que nos aproximou e a proximidade da cura e da saúde com que sonhamos — conta Tamires, moradora do Flamengo.

Leia mais:

Zanotto complementa que a encenação remota mistura texto, música e dança em um ato de resistência:

— A continuidade na produção artística, ainda mais de forma independente, é sempre uma ação para marcar existências. A iniciativa atua como combate aos danos causados pelo isolamento social.

A história do espetáculo remete a dois homens em fases diferentes da vida, mas que se enxergam um no outro. Tem também duas mulheres que desenvolveram uma forte amizade, mas que não sabem direito se a relação que cultivam desperta algo maior. O espetáculo de dança mostra ainda uma pessoa tentando manter a sanidade diante da mesmice e da indiferença dos dias atuais.

Além de Tamires e Zanotto, estarão no “palco” Iago Damazio, Júlia Moraes, Caroline Monlleo, Anna Franco, Davi Benaion, Thais Mothé e Nathalia Amata. O público poderá assistir às performances por meio de WhatsApp, YouTube e Instagram, com direito a interação. Serão seis sessões triplas —de sexta-feira a domingo, às 18h, 19h30m e 21h —com ingressos a R$ 20, que podem ser adquiridos por meio do Sympla (www.cutt.ly/ubWjFdp).

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)