Baile Charme de Madureira volta com primeira DJ residente, mulher e negra: ‘Num dia que tem um significado muito grande’

·4 min de leitura

Após mais de um ano e meio parado por causa da pandemia, o Baile Charme de Madureira, um dos eventos culturais antigos do Rio, está de volta neste sábado (20), não por acaso, o Dia da Consciência Negra. Os amantes da black music já podem ir treinando seus passinhos para matar a saudade do maior baile charme do país e um dos maiores símbolos da identidade negra. Como de costume, a festa no Dutão começa às 22h e se estende a noite inteira, até o sol raiar, às 5h. A diferença é que, desta vez, só pode entrar quem apresentar o comprovante de esquema vacinal completo contra a Covid-19.

— O baile parou no dia 7 de março de 2020. Mesmo assim, não se esqueceram da gente: toda vez em que publicamos algo nas redes sociais, a galera interage e não esconde a ansiedade para o retorno do evento. E nós estamos voltando logo neste dia especial e tão representativo para a cultura negra — afirma DJ Michell, um dos sócios e organizadores da festa, revelando ainda que o espaço passou por algumas reformas estruturais.

Outra novidade nesta retomada é que pela primeira vez, em mais de 31 anos de história, o Baile Charme de Madureira passa a ter uma DJ residente mulher. E preta: a DJ Gab.

— Estou muito feliz por ser a primeira mulher negra a subir no palco do viaduto como residente. É um local onde fiz muitas amizades e construí uma família. Ainda mais neste dia, que tem um significado muito grande para mim. Essa jornada vai ser incrível porque, além de ser mulher negra, sou a mais nova entre eles. Estarei no meio de pessoas muito experientes, com anos de profissão, anos de charme. Vou fazer valer cada minuto em que estiver lá tocando, representando as mulheres — diz Gab, que vai ao Baile Charme de Madureira desde 2012 e atua como DJ há dois anos.

Nas redes sociais, nos posts sobre o Dutão, é possível acompanhar a empolgação do público com essa volta do Baile Charme. “Nem acredito. Tenho que comprar roupa pra isso…”, escreveu uma pessoa. “Voltei a sorrir, esperei muito por esse momento”, postou outra. Mesmo com a chuva prevista para este sábado, os ingressos seguem sendo vendidos em ritmo acelerado, diz Michell.

Apesar de o espaço ter capacidade para quatro mil pessoas, apenas três mil ingressos (75% da lotação) foram disponibilizados. Desse total, só 1.500 foram colocados à venda na internet, já que a organização prevê que apareça muita gente querendo comprar na hora — antes da pandemia, a venda era exclusivamente presencial.

— Com as atividades retornando após o avanço da vacinação e a melhora da pandemia, a galera ficou muito em cima perguntando quando a gente voltava. Mas, além da festa, nós temos uma responsabilidade social muito grande, então só voltamos agora, com a permissão da prefeitura e cumprindo todas as normas exigidas. O que podemos garantir é que a galera pode vir preparada para dançar bastante. A gente vai agitar o baile do início ao fim — adianta Michell, animado.

Além de Michell e Gab, os DJs Fernandinho e Vig animam a festa desta noite. O ingresso para o baile embaixo do Viaduto Negrão de Lima, em Madureira, pode ser comprado antecipadamente pelo site Sympla por R$ 25 (preço de segundo lote). No local, sai a R$ 30. Abaixo, veja na lista outros eventos, todos gratuitos, neste fim de semana de celebração pelo Dia da Consciência Negra.

No Parque Madureira

Às 13h, hoje, o Projeto Criolice realiza o evento Zumbi Vive na Arena Fernando Torres, no Parque de Madureira. O encontro conta com palestras, capoeira e a tradicional roda de samba do Projeto Criolice. No mesmo local, hoje e amanhã, das 9h às 18h, tem uma feira com barraquinhas de comida, bebida e artesanato, além de música ambiente. E amanhã tem batalha de barbeiros, com inscrições a partir das 10h e competição às 13h.

Maracatu

Hoje, às 11h, tem Maracatu Baque Mulher no Monumento de Zumbi dos Palmares, na Avenida Presidente Vargas, na Cidade Nova. O grupo de maracatu é formado por mulheres e regido por Tenily. É uma extensão do Maracatu Baque Mulher de Recife, liderado pela Mestra Joana Cavalcante.

Caminhada

Acontece hoje acontece a Caminhada Ancestral, pelo projeto Novembro Negra, com um roteiro que revela parte importante da história do povo negro no Rio de Janeiro. O percurso inicia-se às 10h no monumento de Zumbi, na Avenida Presidente Vargas, Cidade Nova.

Sulacap

A partir das 15h de hoje, o Escambo Cultural (Av. Albérico Diniz 1.657, Jardim Sulacap) recebe oficinas de trança afro (para maiores de 15 anos) e contação de história, performances, exposição de artes visuais e uma feirinha. Para entrar, é necessário apresentar o comprovante de vacinação contra a Covid-19.

Samba e feijoada

O Terreiro de Crioulo se apresenta hoje, às 16h, na Toca do Criolice, em Padre Miguel (Rua Matriz de Camaragipe 153). O evento, com entrada gratuita, começa ao meio-dia. Das 13h às 15h será servida uma feijoada (também gratuita). Para as crianças, terá recreação, pintura e lanche.

Live de estrelas

Hoje, às 18h30, no canal do YouTube Brasil, tem a live do YouTube Black, com shows de Péricles, Psirico, Mel e Luciana Mello junto com o Rappin’ Hood. Serão três horas de evento, e a ex-BBB Thelminha será uma das apresentadoras.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos