Bairro de cidade do sul da China entra em confinamento por foco de covid-19

·1 minuto de leitura
A cidade de Guangzhou tem quase 15 milhões de habitantes

Os moradores de um bairro da cidade de Guangzhou, no sul da China, foram confinados neste sábado após a detecção de vários casos de covid-19, informaram as autoridades municipais.

Vinte casos de coronavírus foram detectados na semana passada neste núcleo industrial ao norte de Hong Kong, onde vivem quase 15 milhões de pessoas.

Neste sábado, um alerta dos serviços municipais de saúde informou que cinco ruas do distrito de Liwan, no centro da cidade, eram consideradas "zonas de alto risco". As autoridades ordenaram que os habitantes da zona permaneçam em suas casas e que milhares de testes de diagnósticos sejam organizados nas residências.

Os mercados, escolas e áreas de lazer na área foram fechados.

A detecção de caos em Guangzhou estaria vinculada, segundo as autoridades, ao caso de uma mulher de 75 anos que testou positivo para covid-19 e as análises demonstraram que se tratava da variante indiana.

A China, primeiro país afetado pela pandemia no fim de 2019, conseguiu controlar a doença, mas intensificou as restrições devido ao aumento de casos nos países vizinhos.

No total, a China registrou 91.061 casos de covid-19 e 4.636 mortes, segundo o balanço mais recente.

prw/axn/at/sba/bl/tjc/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos