Bala perdida fere mulher no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo

Uma jovem de 18 anos deu entrada com um tiro no ombro, nesta sexta-feira, no Pronto Socorro Central Dr. Armando Gomes de Sá, no Bairro Zé Garoto, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Primeiras informações dão conta de que a vítima foi atingida por uma bala perdida pouco depois que tiros foram ouvidos no Complexo do Salgueiro, também em São Gonçalo. Na última quarta-feira, a Polícia Militar iniciou a ocupação da comunidade por tempo indeterminado. A ação aconteceu depois que o serviço de inteligência da PM descobriu que bandidos estavam organizando uma festa de aniversário para o traficante Antônio Ilário Ferreira, conhecido como Rabicó.

Complexo do Salgueiro: PM faz ocupação para evitar aniversário do traficante Rabicó

Assassinato na Baixada: Homem é morto dentro de carro de luxo

O evento começaria na quarta-feira e duraria até o final do feriado . A ação também teria o objetivo de evitar a movimentação de grupos criminosos. Um dos chefes de uma facção criminosa e suspeito de chefiar o comércio de drogas no Complexo do Salgueiro, Rabicó tem mandado de prisão expedido em seu nome pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro . Um dia depois do início da ocupação, moradores da comunidade realizaram um protesto na BR-101, perto do quilômetro 308, em São Gonçalo. A manifestação teria sido um pedido de paz por conta dos constantes tiroteios na região.

Nesta sexta-feira, segundo moradores da região, viaturas e um carro blindado da PM foram vistos circulando pelas vias de acesso ao Complexo do Salgueiro. Procurada, a Polícia Militar informou que uma equipe de policiais foi atacada quando patrulhava a comunidade e realizava a retirada de barricadas. Segundo a PM, os tiros vieram de uma região de mata, e os agentes não chegaram a fazer disparos. Abaixo, a íntegra da nota enviada pela corporação.

"A assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que nesta sexta-feira (17/06), equipe do 7ºBPM (São Gonçalo) foi acionada para verificar a chegada de uma vítima de disparo de arma de fogo no Pronto Socorro Dr. Armando Gomes de Sá Couto, no bairro Zé Garoto, em São Gonçalo. Na unidade de saúde, os policiais constataram o fato, e foram informados que a vítima, oriunda do Complexo do Salgueiro, seguia em atendimento médico. A ocorrência foi encaminhada para a 72ªDP.

No início da manhã, equipe que atua na ocupação no Complexo do Salgueiro e que estava em patrulhamento pela região, realizando desobstrução de vias, foi alvo de disparos vindos de região de mata. De acordo com relato dos policiais militares que estavam na ocorrência, não houve confronto.

Na última terça-feira, um dia antes do início da ocupação, os moradores do Complexo do Salgueiro já tinham sofrido com uma intensa troca de tiros, entre policiais e bandidos, que terminou com três suspeitos mortos. Segundo a PM, na ocasião, agentes do 7ºBPM realizavam um patrulhamento quando se depararam com um grupo de criminosos armados em dois veículos na Estrada de Itaúna. Houve confronto e três suspeitos foram baleados e levados ao Hospital Estadual Alberto Torres. Com eles, foram apreendidos um fuzil calibre 5.56, duas pistolas, um rádio comunicador e um cinto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos