Balanço por coronavírus na França subiu para 127 mortos e 5.423 casos

O presidente francês Emmanuel Macron, à direita, e o ministro da Saúde, Olivier Véran, visitam o Necker Hospital, em Paris

O balanço da epidemia de coronavírus na França subiu para 127 mortos neste domingo. Ou seja, 36 a mais do que o registrado no último sábado, totalizando 5.423 casos de contágio confirmados no país desde janeiro.

Há mais de 900 novos casos a cada dia, segundo informações da Agência Nacional de Saúde Pública da França.

O aumento no número de mortos e de infectados é o mais alto registrado na França desde o aparecimento do vírus no território.

O ministro da Saúde, Olivier Véran, pediu aos cidadãos para respeitar as medidas de distanciamento social requisitadas pelas autoridades para conter a propagação do novo coronavírus.

No sábado, o Executivo anunciou medidas drásticas para frear a epidemia, como o fechamento de todos os bares, cinemas e comércio considerado não essencial.

Houve a redução na oferta de transporte público, e os tribunais permanecerão fechados a não ser para "sessões essenciais" a partir da próxima segunda-feira.