Balão cai nos trilhos de trens em São Paulo

Soltar balões que possam provocar incêndios é crime ambiental no Brasil. Foto: Getty Images.
Soltar balões que possam provocar incêndios é crime ambiental no Brasil. Foto: Getty Images.
  • CPTM informou que o objeto foi retirado logo em seguida

  • Outros foram vistos sobrevoando a cidade, em meio às festas juninas

  • Soltar balão é crime ambiental no país

Um balão de São João caiu nos trilhos da Linha 11-Coral da CPTM, em São Paulo, nesta quinta-feira. Outros balões, que são proibidos, foram vistos sobrevoando a Zona Leste da capital.

A CPTM afirmou, em nota, que o balão caiu em um trecho entre as estações Corinthians-Itaquera e Tatuapé, por volta das 17h15 e foi retirado às 17h50.

Para evitar problemas na circulação dos trens, vagões com destino à estação da Luz circularam por outra via, intercalando com a Linha 12-Safira.

Outros objetos sobrevoaram a Zona Leste de São Paulo. Moradores de um condomínio na Avenida Vila Ema registraram quando um balão começou a cair. O mesmo balão também ameaçou cair no Parque São Luca, por volta das 8h40.

A Polícia Militar foi acionada, mas não houve presos. O objeto, que não causou incêndio, foi retirado pelo Corpo de Bombeiros.

Um outro balão chegou a cair na Rua Alice Barros Castilho, na Vila Zilda, região do Tremembé, na Zona Norte da capital paulista, também nesta quinta-feira. O momento foi gravado por testemunhas.

Com a repercussão das imagens, outros internautas relataram ter visto um balão grande circulando em Guarulhos, na Região Metropolitana, perto de aviões que pousavam no Aeroporto Internacional de Cumbica.

A Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605/98) proíbe a fabricação, venda, transporte e soltura de balões, que tenham capacidade de provocar incêndios ou cair em residências, florestas, empresas ou veículos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos