Gilmar Mendes descarta possibilidade de Lula disputar eleições

Rio de Janeiro, 4 mai (EFE).- O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), descartou nesta sexta-feira a possibilidade de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva possa disputar as eleições de outubro, apesar de aparecer como o grande favorito em todas as pesquisas.

"Não vejo possibilidades de que possa prosperar no Supremo Tribunal Federal um recurso que habilite Lula para disputar as eleições", afirmou o magistrado em entrevista a correspondentes estrangeiros no Rio de Janeiro.

Mendes esclareceu que a legislação brasileira é clara ao inabilitar eleitoralmente um condenado em segunda instância, como é o caso de Lula, e que a única forma como pode inscrever sua candidatura é se conseguir que um tribunal anule a condenação a 12 anos e mês de prisão que lhe foi imposta em um processo por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. EFE