Banco Central planeja cartão físico para implementar Pix Offline

·2 minuto de leitura
*ARQUIVO* BRASÍLIA, DF, 02.09.2020 - Lançamento da nova nota de R$ 200,00 no Banco Central do Brasil, em Brasília (DF). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASÍLIA, DF, 02.09.2020 - Lançamento da nova nota de R$ 200,00 no Banco Central do Brasil, em Brasília (DF). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Banco Central planeja a criação de um cartão para auxiliar na implementação do Pix Offline, afirmou o presidente da autarquia, Roberto Campos Neto, nesta quarta-feira (30) em evento promovido pelo escritório de advocacia Mattos Filho.

Atualmente, o usuário precisa estar conectado à internet para conseguir realizar pagamentos ou transferências pela modalidade.

Segundo Campos Neto, o cartão Pix funcionaria como uma espécie de cartão pré-pago: o consumidor conseguiria transferir recursos para ele enquanto estivesse online e usar o cartão normalmente no mundo offline.

“Em algum momento teremos o cartão Pix. Você aproxima o celular e transfere [o dinheiro]. Você vai poder usar o cartão no mundo offline e quando voltar para o mundo online, você se conecta e pode transferir o seu saldo de volta. Em breve vamos oferecer esse produto também”, afirmou Campos Neto em evento.

De acordo com o cronograma do Banco Central, o Pix Offline deve ser implementado ainda no quarto trimestre deste ano, junto com o Pix por aproximação e o mecanismo especial de devolução –planejado pelo BC como uma maneira de aumentar a rastreabilidade e reprimir fraudadores.

Antes, no terceiro trimestre, a autarquia ainda planeja implementar o Pix Saque e o Pix Troco –que envolvem a possibilidade de sacar ou receber como troco das empresas de varejo o papel moeda– e o Agendamento Pix.

Em nota, o Banco Central afirmou que o Pix Offline pretende ampliar os casos de uso atendidos pelo Pix, viabilizando, entre outras situações, que um pagador que esteja sem acesso a internet possa efetuar a transação.

"Há uma ampla gama de tecnologias que podem ser adotadas para a iniciação de um Pix Offline, o cartão é uma delas. O BC está em fase de estudo dessas tecnologias no escopo da agenda evolutiva e oportunamente divulgará as especificações estabelecidas", afirmou a autarquia em nota.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos