Banco Central vai fazer nova operação de compra de títulos de dívida externa na sexta-feira

Gabriel Shinohara
A operação é focada em títulos que estão em posse de instituições financeiras nacionais

BRASÍLIA - O Banco Central (BC) marcou na noite desta terça-feira uma nova operação de compra de títulos de dívida externa para sexta-feira. A operação, conhecida como repo, visa amenizar a instabilidade e dar liquidez ao mercado.

De acordo com a regulação, as compras são focadas nos títulos que estão nas mãos das instituições financeiras nacionais. Nessa operação, o BC compra os títulos da dívida brasileira denominados em dólar, com o compromisso de revenda dentro de 30 dias.

No caso dessa operação, a revenda pode ser em duas datas, ou no dia 15 de abril ou no dia 30.

Com a operação, o BC busca dar mais liquidez aos bancos, ou seja, liberar mais espaço para que as instituições tenham recursos disponíveis para dar empréstimos ou enfrentar possíveis choques originados da crise do coronavírus.

A quantidade de títulos que o Banco Central vai comprar não é predefinida, depende das propostas dos bancos. Na semana passada, o BC colocou US$ 3 bilhões no mercado nessa operação, feita pela primeira vez desde 2008.