Banco HSBC aumenta presença de altos executivos em Hong Kong

JOANA CUNHA
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O HSBC confirmou a transferência de quatro dos seus principais executivos de Londres para Hong Kong, onde foi fundado há 156 anos, como parte da estratégia do banco para fortalecer sua presença na Ásia. O continente asiático é a região mais lucrativa para o banco, e Hong Kong concentra o maior volume de recursos em contas de clientes. Em um comunicado nesta quarta (14), o diretor-executivo Noel Quinn afirmou que Barry O'Byrne, responsável pela divisão comercial do HSBC, Greg Guyett, co-diretor de bancos e mercados globais, Nuno Matos, à frente da gestão de fortunas, e Nicolas Moreau, diretor da gestão global de ativos, devem ser realocados no segundo semestre. A instituição sinalizou no começo do ano que três profissionais provavelmente iriam se mudar para Hong Kong, mas a lista cresceu com o nome de Moreau. "Uma parte importante da nossa estratégia global é basear mais o nosso quadro de liderança na Ásia e, portanto, é uma etapa lógica realocar nossa equipe global na região. A mudança também criará oportunidades significativas de colaboração entre as empresas na Ásia", disse Quinn na mensagem.