Banco de Inglaterra sobe taxa de juro de 1,75% para 2,25%

É a subida mais alta desde dezembro de 2008 e a culpa é da inflação.

O Banco de Inglaterra anunciou, esta quinta-feira, a subida das taxas de juro de 1,75% para 2,25%.

Diz que apesar de um abrandamento ligeiro da inflação em agosto, esta “deverá continuar acima dos 10% nos próximos meses, antes recuar”, até porque que se prevê que os preços da energia continuem a subir.

O aumento do preço do dinheiro no Reino Unido surge depois de a Reserva Federal dos EUA anunciar medida idêntica.

Os juros de referência subiram 0,75 pontos percentuais nos EUA. Foi a quinta vez este ano.

Situam-se atualmente no intervalo entre 3 e 3,25%, que não se registava desde a crise financeira de 2008.