Bancos começam hoje semana de renegociação de dívidas com descontos de até 92%

Patricia Valle
Clientes terão condições especiais para quitar contas em atraso

RIO - Começou nesta segunda-feira a Semana de Negociação e Orientação Financeira, organizada pela Federação Brasileiras de Bancos (Febraban). Os bancos vão oferecer condições especiais para renegociar dívidas, com descontos de até 92%. A ação vai até o dia 6 de dezembro.

Vão participar do mutirão Banco do Brasil (BB), Banrisul, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú e Santander, com 329 agências bancárias em todo o país abertas até as 20h, para oferecer orientação financeira, conteúdo para administrar o orçamento pessoal e possibilidade de negociar dívidas em atraso.

Cada instituição terá sua própria política de renegociação. Nos canais digitais, também participarão da inciativa o Banco Votorantim e o Safra. A lista completa das agências participantes e o conteúdo de educação financeira está disponível na página paporetocomfebraban.com.br/negociar.

A negociação ainda poderá ser feita nas agências desses bancos localizadas em todo o território nacional, no horário normal de funcionamento, nos canais digitais das instituições financeiras e pela plataforma consumidor.gov.br.

Veja as condições oferecidas pelos bancos:

Itaú

Atendimento presencial:Atendimento on-line:Condições:

Bradesco

O Bradesco informou que vai oferecer prazos e taxas diferenciadas para a renegociação de dívidas, mas não especificou quais. As condições serão estruturadas de acordo com o perfil de cada cliente. As agências e os canais de atendimento estarão preparados para atender os clientes com autonomia para aceitar eventuais sugestões para renegociação.

Banco do Brasil

Atendimento presencial:Atendimento remoto:Condições:

Caixa

Atendimento presencial:Atendimento remoto: Condições:Crédito comercial: Dívidas em atraso há mais de um ano podem ser quitadas com até 90% de desconto para pagamento à vista. Também será possível unificar contratos em atraso e parcelar em até 96 meses, realizar uma pausa no pagamento de até uma prestação vencida ou a vencer, e efetuar a repactuação da dívida, com possibilidade de aumento do prazo.Crédito habitacional: Pagamento de um valor de entrada e incorporação do restante da dívida em atraso às demais prestações do contrato. Será possível ainda pagamento da entrada, com acordo para pagamento de uma prestação por mês na data de vencimento durante três meses consecutivos. Após esse prazo, as demais prestações que ainda estiverem em atraso serão incorporadas ao saldo do contrato. Para o cliente que tem saldo na conta de FGTS, outra opção é utilizar o recurso para reduzir em até 80% da prestação por 12 meses, válida para clientes que apresentam até três parcelas do financiamento em atraso.

Santander

Atendimento presencial:Atendimento on-line:Condições: