Bancos fogem do empréstimo consignado no Auxílio Brasil

Instituições financeiras não querem conceder linhas de crédito para essa modalidade (Getty Image)
Instituições financeiras não querem conceder linhas de crédito para essa modalidade (Getty Image)
  • Grandes bancos não vão oferecer empréstimo consignado

  • Empresas se preocupam com a reputação e com o pagamento da dívida

  • Organização estatal vai oferecer opções de crédito para pessoas pobres

Não é comum ver bancos perdendo uma oportunidade de ganhar dinheiro. Mesmo assim, algumas das maiores instituições do país não querem conceder o empréstimo consignado autorizado para beneficiários do Auxílio Brasil.

Bradesco, Itaú, Santander, Nubank e BMG são algumas das instituições que já anunciaram que não vão oferecer a modalidade de crédito. Além da preocupação com o cumprimento do pagamento, também há um receio de que a proposta de crédito comprometa a imagem dos bancos.

Como o auxílio é oferecido a pessoas que estão em condição de vulnerabilidade social, um empréstimo poderia comprometer até 40% do valor do benefício.

"Não se trata de uma aposentadoria ou pensão, mas um benefício a pessoas que estão em dificuldades. Portanto, o Bradesco não vai operar nessa carteira. Estamos falando de pessoas vulneráveis. Em vez de ser uma boa operação para o banco e para o cliente, entendemos que a pessoa terá mais dificuldade quando o benefício cessar", anunciou o presidente do Bradesco, Octavio de Lazari Junior.

O banco PAN afirmou que está se preparando para oferecer a modalidade de crédito. A instituição alega que vai atuar com a proposta instituída pelo governo.

Entre as instituições públicas, o Banco do Brasil afirmou que ainda analisa a possibilidade de operar a linha de crédito. No caso da Caixa, os consignados serão oferecidos após o governo regulamentar a linha,

“A Caixa orienta aos seus clientes sobre a importância de se utilizar o crédito de forma consciente, adequando o valor das parcelas ao seu orçamento e planejamento financeiro familiar", afirmou a organização.