Band adia debate presidencial, com falta de resposta de Lula e Bolsonaro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A TV Bandeirantes decidiu adiar a realização de seu debate presidencial, inicialmente programado para 14 de agosto. A nova data é 28 do mesmo mês.

A emissora tradicionalmente realiza esses encontros logo no início da campanha, mas dessa vez tem tido dificuldades pela falta de confirmação das presenças de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL), os dois líderes nas pesquisas. A Band ainda não desistiu totalmente de fazer o evento, contudo.

Conforme mostrou a coluna Painel, da Folha de S.Paulo, a CNN Brasil anunciou o cancelamento do seu debate, que estava programado para 6 de agosto, pelo mesmo motivo.

Lula já disse que aceita participar desde que haja um pool de TVs. Segundo a reportagem apurou, essa possibilidade vem sendo discutida pela direção da Band. Procurada, a emissora não se manifestou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos