Banda The Coronas lamenta nome 'infeliz' e brinca em fazer turnê com The Vaccines

O novo coronavírus afetou o mundo todo, tendo provocado cerca de 20 mil mortes, mas foi o nome dele que chamou atenção da banda irlandesa The Coronas. Os músicos consideraram como "infeliz" a coincidência, em entrevista à revista britânica "NME", enquanto ainda estavam em turnê, mas preocupados com a situação, sem terem perdido o bom-humor. Eles mencionaram uma brincadeira que escutaram sobre fazer uma turnê com o conjunto inglês The Vaccines (As vacinas, em português).

"Muitos shows grandes foram cancelados, mas o nosso é um local menor, com cerca de 600 ou 700 pessoas", dissera o vocalista Danny O'Reilly na publicação do dia 13. Ele, porém, já tinha confirmado que eventos futuros passariam por alterações devido à propagação da Covid-19.

De fato, em menos de duas semanas, tudo mudou. O lançamento do álbum 'True Love Waits' (O amor verdadeiro espera, em tradução livre), previsto para maio, e os shows agendados acabaram sendo, por fim, adiados. As publicações no Twitter da banda têm abordado a pandemia e os artistas chegaram a fazer vídeos cantando e tocando instrumentos, enquanto estão de quarentena em suas casas.

"Com nosso álbum e turnês adiados, Danny teve bastante tempo para tocar músicas dos nossos artistas irlandeses favoritos. Ele vai fazer outro a cada noite desta semana. Vamos fazê-lo trabalhar, comentem suas sugestões abaixo", postou o perfil da banda no Twitter nesta segunda-feira.

 

"Ninguém realmente sabe ou pode prever o que está acontecendo. Todos estão vivendo dia a dia. É uma pena para nós termos um nome de banda tão infeliz", haviam dito na entrevista.

"Alguém mencionou que talvez devêssemos fazer uma turnê conjunta com o The Vaccines", ironizou Danny. "O Twitter está ficando louco, e nós apenas perguntamos a Corona (marca de cerveja) que conselhos teria para a gente".

Apesar de lamentarem o nome da banda ser o mesmo do vírus, o vocalista tentou enxergar com otimismo para a situação.

"Às vezes, quando coisas sérias como essa acontecem, é bom olhar por outro ângulo. Todo mundo está com problemas, mas tudo o que podemos fazer é rir do nosso nome por não ser o ideal", comentou.