Bandeira arco-íris entrou em campo durante o jogo Portugal-Uruguai

A bandeira arco-íris entrou em campo durante o jogo entre Portugal e o Uruguay, no Mundial do Qatar.

Ao minuto 52, um homem entra no relvado a correr com a bandeira do movimento LGBTQ+, para estupefação dos jogadores e equipa de arbitragem.

Para além da bandeira simbólica, o homem vestia uma Tshirt com duas mensagens: Na frente: "Salvem a Ucrânia"; atrás: "Respeito pelas mulheres iranianas".

A bandeira ficou por terra e foi depois apanhada pelo árbitro. A exibição durou cerca de 30 segundos, até que o intruso foi travado por seguranças e escoltado para fora do estádio.

Foi a primeira vez que um jogo foi marcado por tal intrusão desde o início da competição no Qatar, que tem estado debaixo de fogo por parte dos críticos ocidentais por causa do seu tratamento à comunidade LGBTQ+. No Qatar, a homossexualidade é considerada crime, punível com pena de prisão.