Bandidos invadem escola em Santíssimo e levam notebooks, além de CPU da sala de monitoramento

·1 minuto de leitura

Bandidos invadiram a Escola municipal Samuel Wainer, em Santíssimo, na Zona Oeste do Rio, na madrugada desta quarta-feira, e furtaram dez notebooks — sete usados por alunos e três por professores — e o CPU da sala de monitoramento, além de uma caixa de som. Os computadores eram da prefeitura. Os criminosos fugiram. Policiais militares do 40º BPM (Campo Grande) foram acionados para o local pela manhã.

De acordo com informações da polícia, eles furaram uma grade na parte lateral da escola, localizada na Rua Samuel Wainer, e arrombaram a porta dos fundos. Em seguida, foram para a sala onde todas as chaves da unidade são guardadas. Eles entraram nas salas, abriram gavetas e pegaram os notebooks. A câmera do circuito interno foi danificada. Depois, foram para a sala de monitoramento.

Agentes conversaram com moradores da região, que negaram ter ouvido movimentação suspeita. A polícia acredita que os bandidos conheçam a escola, já que sabiam onde estavam as chaves da unidade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos