Banhista é perfurado por guarda-sol levado por ventania em Cabo Frio

Um homem teve o ombro perfurado por um guarda-sol no início da tarde desta sexta-feira, na Praia do Forte, em Cabo Frio, na Região dos Lagos. De acordo com testemunhas, o utensílio quebrou com a força do vento e foi levado pelos ares, atingindo em cheio o banhista, que estava sentado em uma cadeira de sol. Vídeos que circulam pelas redes sociais mostram os primeiros socorros prestados à vítima.

Voos cancelados: Ventos fortes colocam cidade do Rio em estágio de mobilização

Acompanhe: Sudeste terá chuva, e Sul ar gelado; saiba a previsão do final de semana

O Corpo de Bombeiros informou que foi acionado às 13h05, momento em que militares do Quartel de Cabo Frio dirigiram-se ao local. Segundo a corporação, o incidente aconteceu na altura do número 1.180 da Avenida do Contorno, próximo à Praça das Águas e à Barraca do Pirata, em um dos pontos mais movimentados da Praia do Forte — a mais famosa da cidade.

Ainda conforme o que foi divulgado pelos bombeiros, a vítima foi socorrida para uma unidade hospitalar com perfuração no ombro. Ainda não há maiores detalhes sobre a identidade do homem, que sofreu "ferimentos moderados".

Patrimônio: Santuário Cristo Redentor lança pedra fundamental de museu sobre a história do monumento

Pouco depois do acidente, o banhista deu entrada no Hospital Central de Emergências (HCE), no Centro de Cabo Frio. Até o momento, sabe-se apenas que ele precisará passar por uma cirurgia.

Os fortes ventos estão atingindo diversos pontos do estado do Rio nesta sexta-feira. Na capital, as más condições climáticas já provocam atraso e cancelamentos de voos no Aeroporto Santos Dumont. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) fez o maior registro, até o momento, de vento forte na estação Forte de Copacabana, com 68,8 km/h.

Depois do temporal: Catedral de Petrópolis reabre com nova atração turística após cinco meses

O Centro de Operações Rio (COR) informa que o município entrou em estágio de mobilização às 12h40. Para as próximas três horas, as rajadas de ventos devem se intensificar, podendo ultrapassar 76 km/h. Esse é o segundo nível em uma escala de cinco, o que significa que há riscos de ocorrências de altos impactos na cidade.

Esta matéria está em atualização

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos