Tudo indica que incidente no sul da França é "ataque terrorista", diz Macron

Bruxelas, 23 mar (EFE).- O presidente da França, Emmanuel Macron, afirmou nesta sexta-feira que "tudo indica" que o ataque a tiros contra vários policiais e a tomada de reféns que está "em curso" no sul da França trata-se de um "ataque terrorista".

"Tudo indica que se trata de um ataque terrorista que continua em andamento", disse Macron em entrevista coletiva conjunta com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, ao término da cúpula de líderes da União Europeia (UE) realizada em Bruxelas.

O presidente francês não ofereceu um "balanço oficial" de feridos e vítimas, e afirmou que a seção antiterrorista da promotoria de Paris fornecerá informações "o mais rápido possível" sobre o incidente na cidade de Trèbes e o ataque em Carcassonne. EFE